About Us

O Centro de Escolha do Consumidor (Consumer Choice Center) é o grupo de defesa dos consumidores que apoia a liberdade de estilo de vida, a inovação, a privacidade, a ciência e o direito de escolha. As principais áreas políticas em que nos concentramos são digital, mobilidade, estilo de vida e bens de consumo, saúde e ciência.

Os legisladores nos níveis Municipais, Estaduais e Nacionais continuam regulando cada vez mais áreas da vida dos consumidores, muitas vezes de forma burocrática, desnecessária e não baseada em fatos ou na ciência. Isso faz com que os conumidores sejam privados do seu direito de escolha e livre arbítrio, e torna os produtos e serviços mais caros e inacessíveis.

Nós capacitamos e empoderamos os consumidores a expressarem sua voz na mídia, na Internet e nas ruas, facilitando o ativismo em direção a consumidores mais concientes e engajados na política. O Consumer Choice Center representa consumidores em mais de 100 países em todo o mundo. Monitoramos de perto as tendências regulatórias em Washington, Bruxelas, Ottawa, Brasília, Londres, Genebra e outros pontos críticos da regulamentação e informamos e ativamos os consumidores a lutar pela #ConsumerChoice.

CÓDIGO DE ÉTICA

O Consumer Choice Center é uma entidade independente que visa promover mais opções e liberdade para os consumidores.

O Consumer Choice Center é politicamente independente.

O Consumer Choice Center não aceita fundos públicos e é apoiado exclusivamente por indivíduos, fundações e parceiros corporativos.

Quando o Consumer Choice Center (CCC) assume uma posição, ele o faz no interesse total de aumentar a escolha do consumidor.

Temos uma posição clara de que a escolha do consumidor é fundamental. Essa luta coerente pela liberdade econômica é o motivo pelo qual recebemos apoio de muitos parceiros, membros e indivíduos.

Como grupo de consumidores, o CCC mantém rígida política editorial independente. Suas campanhas, artigos de opinião e vídeos não são enviados aos apoiadores antes de serem lançados. Os parceiros veem nosso conteúdo e resultados ao mesmo tempo que o público em geral.

A manutenção desses padrões ajuda a manter o Consumer Choice Center livre de influências externas e, em última análise, presta contas aos consumidores em todo o mundo.

FAQ (PERGUNTAS FREQUENTES)

O Consumer Choice Center foi lançado em fevereiro de 2017 como um projeto da Students For Liberty. Mais tarde, o CCC se separou totalmente do Students For Liberty para se tornar uma organização independente. Realizamos eventos de lançamento em Bruxelas, Bélgica e Ottawa, Ontário, Canadá. Atualmente, temos funcionários nos Estados Unidos, Canadá, Peru, Brasil e na União Europeia.

Como organização sem fins lucrativos independente, o Consumer Choice Center depende de financiamento de doadores privados. Conforme descrito em nosso Código de Ética, mantemos rigorosamente a independência editorial e não influenciamos nossos financiadores nas decisões editoriais. Nosso apoio vem de empresas, indivíduos e fundações. Temos um modelo de associação em camadas disponível para os membros que nos apoiam anualmente, divididos em status prata, ouro e platina. Esses membros doam entre US $ 10 e US $ 50 por ano para apoiar nosso trabalho e missão. No passado, recebemos financiamento de vários setores, como energia, bens de consumo, companhias aéreas, manufatura, digital, saúde, indústria química, bancos e fintechs de criptomoedas. Entre nossos muitos financiadores, temos o orgulho de contar com a Atlas Network (fundação), o Wayland Group (Cannabis), Canaccord (Bancário), Japan Tobacco International (que co-patrocinou nosso evento de lançamento em Bruxelas), a Supreme Cannabis Company, a Genebra Network, a Associação de Secadores de Mãos Elétricos (corporação), o Facebook (corporação) e o Projeto Atlas (corporação). Em 2017, recebemos financiamento inicial da Students For Liberty (SFL) para iniciar nossas operações na Europa e no Canadá.

Você pode encontrar a lista mais recente de nossos funcionários em nossa página dedicada.

Torne-se um membro do Consumer Choice Center, assine nossa newsletter e siga nossas redes sociais.

Definimos Escolha do Consumidor como um estado em que o consumidor tem uma ampla escolha entre diferentes produtos, inovações e classes de preço. Leis proibitivas, medidas protecionistas e impostos indiretos são as principais maneiras de limitar a escolha do consumidor.

Atualmente, o CCC trabalha com milhares de consumidores nos Estados Unidos, União Européia e seus Estados Membros, Canadá, Brasil, Nigéria, América Latina, Ucrânia, Israel, Geórgia e Cingapura.

Monitoramos de perto as tendências na regulamentação do consumidor e as comentamos na mídia tradicional, na mídia social e nos envolvemos com os formuladores de políticas e reguladores, a fim de alertar como a respectiva regulamentação pode prejudicar a escolha dos consumidores. Enquanto tentamos lançar luz sobre o maior número possível de questões, geralmente escolhemos algumas questões importantes, garantimos financiamento e realizamos campanhas de conscientização maiores sobre elas. As principais áreas políticas em que nos concentramos são digital, mobilidade, estilo de vida e bens de consumo e saúde e ciência.

O CCC realizou campanhas sobre a cannabis legalizada no Canadá e nos Estados Unidos, elaboração de políticas baseadas em evidências na agricultura e no fornecimento de alimentos da Europa, protegendo os proprietários de diesel de políticas reacionárias, o imposto sobre o refrigerante em Montreal, os impostos sobre o açúcar no Canadá, um imposto voltado ao consumidor. política energética na União Europeia, liberdade de marca na República da Geórgia, tarifas nos Estados Unidos, transparência na União Europeia, permitindo inovações na agricultura que reduziriam os preços dos alimentos para os consumidores e muito mais. Uma lista abrangente de campanhas por área de política pode ser encontrada aqui: Digital, mobilidade, estilo de vida e bens de consumo e saúde e ciência.

Estamos contribuindo ativamente para o debate através da mídia tradicional (artigos de opinião, rádio, TV e comunicados de imprensa), infográficos e vídeos através de nossos próprios canais de mídia social, ativismo popular, organização de mesas redondas, realização de pesquisas com consumidores e testemunhando em comitês de legislaturas ou workshops organizados por reguladores, partes interessadas e organizações parceiras.

Ainda tem dúvidas?

Scroll to top