Apoie Políticas Públicas Baseadas na Ciência

Hoje, 19 de outubro de 2017, o Centro de Escolha do Consumidor se juntou à ECPA, COPA-COGECA, Coceral e Europabio em uma carta assinada dirigida aos políticos da União Européia considerando a proibição do glifosato. A carta adverte que os formuladores de políticas da UE não podem “permitir que a emoção nos deixe lentamente minar nosso processo regulatório e adormecer em uma crise de produção de alimentos na Europa”.

Qualquer esforço para proibir pesticidas que foram considerados seguros pelas agências de saúde europeias só vai acabar elevando o custo dos alimentos para os consumidores aqui e em todo o mundo.
Para esse fim, apoiamos a formulação de políticas baseadas na ciência.

O debate sobre se a formulação de políticas baseadas em evidências deve ser o mantra orientador para os políticos parece ser discutível. 

Há uma máquina eficaz e bem financiada de lobbies ambientais e ativistas que levam a má ciência a fins políticos.

Em resposta a isso, a Campanha de Ciência e Engenharia, com sede em Londres, solicitou em seu relatório de verão mais conselheiros científicos e agências financiadas por fundos públicos para garantir que os políticos defendam a integridade da pesquisa científica.

Mas mais do que isso, nossas instituições públicas deveriam ouvir mais os cientistas e menos os ativistas financiados pelo dinheiro público.

Porque apenas políticas públicas baseadas na ciência trarão o progresso que todos os consumidores merecem.